Superar Barreiras para Falar Inglês

Barreiras para Falar InglêsSuperar barreiras para falar inglês é um dos principais desafios de qualquer estudante. E os maiores entraves criados pelos próprios alunos são a insegurança de não conseguir se expressar bem e o constrangimento de falar algo errado em público.

Por ter medo de ser corrigido, as pessoas acabam não falando o quanto deveriam e perdem a oportunidade de conversar, algo que é essencial para quem está empenhado em aprender a falar inglês.

O que todo estudante precisa ter em mente é que ele está em processo de aprendizagem e é natural, e fundamental, que cometa erros. Errar faz parte da jornada e quanto mais ele se arriscar e tentar falar em inglês com outras pessoas, mais rápido se tornará fluente.

Vamos listar e analisar algumas das principais barreiras para falar inglês. Se você se identifica com alguma delas, está na hora de mudar de postura.

Barreiras para Falar InglêsConcentre-se na gramática

Na hora de falar português você não fica pensando se deve construir uma frase no passado perfeito ou no passado mais que perfeito, não é verdade? No inglês não pode ser diferente. Uma das principais queixas de quem está tentando falar inglês é que não consegue construir frases. E esse é o problema. Os alunos tentam construir frases como se tivessem escrevendo.

Mas o processo de falar é muito diferente de escrever. O foco deve estar em possibilitar uma comunicação, seja usando qualquer tempo verbal, mesmo que com alguns erros. Aos poucos, tudo fica mais natural e os erros vão desaparecendo.

Pensar em português

Pensar em inglês é algo que leva um certo tempo e que só acontece quando se começa entender a cultura e a maneira de pensar dos povos que falam inglês. Pensar em português na hora de falar inglês é algo que atrapalha porque é preciso passar por dois processos mentais. Primeiro o de criar a frase em português, depois ter que traduzir essa frase para inglês.

Não ler em voz alta

Não é sempre que temos alguém para poder conversar em inglês, não é mesmo? Mas sempre podemos falar em inglês em voz alta para treinar. Assim conseguimos aprimorar a pronúncia e deixar nossa entonação (que é super importante) mais fluida e natural. Se possível, grave você falando e escute para perceber possíveis erros de pronúncia para poder corrigi-los.