Diferentes sotaques ingleses | Desmistificando mitos

sotaques diferentes

Escolher um sotaque para falar inglês é imitar a maneira de pronunciar de um determinado lugar e, embora como latinos sempre empregamos um toque pessoal a esse idioma, tentar imitar um sotaque pode refletir nossa personalidade e nossa própria maneira de aprender e entender esse segundo idioma.

Também nos aproxima de um determinado vocabulário e nos coloca em contato com expressões culturais específicas. E é sobre os diferentes sotaques do inglês que a Wizard Curitiba vai abordar neste artigo.

Antes de tudo, devemos esclarecer que existem muitos sotaques em inglês. Imagine todos os países e cidades onde esse idioma é falado. Cada forma de dialeto tem suas próprias características fonéticas, daí um sotaque distinto. Da mesma forma, existem os falantes que dominam o idioma como um segundo idioma (somos um exemplo disso) e têm um sotaque que os identifica.

Com isso, queremos esclarecer que não há melhor sotaque que outro, mas existem categorias de popularidade. Neste artigo, compartilhamos algumas informações sobre o sotaque inglês americano e o sotaque britânico, para que você possa escolher qual foi o seu.

Inglês com sotaque americano

Poderíamos dizer que é o sotaque mais popular, chegou a ser considerado um padrão nesse idioma. Isto é devido à influência do cinema, da música e da cultura em geral. Nos Estados Unidos, muitos sotaques do inglês americano coexistem, mas vamos nos referir a ele de um ponto de vista geral, que engloba todas as suas variantes.

O sotaque americano é mais lento e “mais fácil” de entender. Sua fonética é clara, o que facilita a comunicação com essa variedade. Também é sinônimo de cosmopolitismo, relacionado às grandes cidades. Ao contrário do sotaque britânico, há uma pronúncia marcada do “r” no final das palavras e uma ênfase ao pronunciar o “t”.

Inglês com sotaque britânico

Como no caso anterior, existem muitas variedades desse sotaque na Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda. Por exemplo, o sotaque de Londres ou ‘cockney’, que podemos ouvir em canais de TV como a BBC, tem as seguintes características: em alguns casos, a vogal “a” é pronunciada “oa” como ‘water’.

Os falantes tendem a excluir o “h” no início e o “t”. Por outro lado, o “th” geralmente soa como um “v” ou um “f”. Embora seja um sotaque menos compreensível que o americano, é considerado mais “elegante e sofisticado”. Também permite que você se conecte com grandes obras clássicas da literatura inglesa.

Com qual desses dois sotaques você se identifica? Você conhece outras características dessas duas variantes do inglês? Conta aqui nos comentários do blog da Wizard Curitiba.