Curiosidades que você precisa saber sobre o Japão

Curiosidades que você precisa saber sobre o Japão - Wizard CuritibaO Japão é um país oriental e com uma cultura absolutamente diferente da nossa, que é ocidental. Fora isso, ele está localizado literalmente do outro lado do planeta. Essa combinação de fatores faz com que a “terra do sol nascente” guarde curiosidades bem interessantes sobre esse povo.

A Wizard Curitiba – que também oferece curso de japonês – vai mostrar para você alguns fatos curiosos sobre essa pequena ilha banhada pelo Pacífico.

Dormir durante o trabalho

Aqui no Brasil, um funcionário que dorme no trabalho é demitido na mesma hora. No Japão é mais provável que ele receba uma promoção. Por conta das longas jornadas de trabalho de alguns profissionais, a prática do “inemuri”, ou seja, a soneca no trabalho, é vista com bons olhos. Ela demonstra que o funcionário está se esforçando em suas atividades.

Fanta

O refrigerante Fanta faz o maior sucesso no Japão, tanto que existem mais de 60 sabores dessa bebida por lá. Dentre eles vale a pena citar abacaxi, laranja com Coca-Cola, pêssego, ponche de frutas, maçã verde, morango, greapfruit, lichia, kiwi, fruta misteriosa, ameixa-japonesa e até vitamina-C.

Dinheiro

O japonês tem uma relação diferente com o dinheiro. Por exemplo, em um restaurante você sempre terá que pagar no caixa. Eles não levam a máquina de cartão até a mesa porque, pelo costume, o dinheiro não vai à mesa. Outra coisa interessante é que eles não pegam dinheiro da sua mão, você põem em uma bandeja e ele devolve o troco na mesma bandeja.

Curiosidades que você precisa saber sobre o Japão - Wizard CuritibaRefeição barulhenta

Fazer ruídos enquanto come e mastiga não é falta de educação no Japão. Pelo contrário, é sinal de que você está gostando da comida e achando ela deliciosa. Mesmo na hora de tomar sopa, fazer aquele barulhinho de sorver o líquido na boca é um elogio a quem preparou o prato.

Salmão é norueguês

A popularização do uso do salmão na culinária japonesa aconteceu apenas nos anos 80, quando a Noruega fez um acordo com o país chamado Projeto Japão. A ideia era ampliar as relações comerciais entre os dois países e promover a exportação do salmão. Depois disso, o peixe caiu nas graças dos japoneses.